Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Trump
|

Da redação – O imperialismo está sempre atrás de pretextos para sabotar governos estrangeiros, dar golpes e prejudicar a economia de países atrasados. Dessa vez, estão acusando a Rússia, China, Irã e até a Coreia do Norte de “interferirem” nas eleições norte-americanas. Hoje (12) o presidente dos EUA, Donald Trump, assinou um decreto que prevê punições a governos estrangeiros que supostamente ajam para interferir nas eleições norte-americanas.

O próprio Trump teria tido apoio dos russos para se eleger, segundo membros dos serviços norte-americanos de inteligência e a imprensa dos EUA. A acusação serve tanto para, em algum momento, derrubar Trump antes que seu mandato termine, quanto para fazer campanha contra a Rússia.

O decreto assinado por Trump prevê punições aos países que forem acusados pelo imperialismo norte-americano de ter interferido em suas eleições. As punições abrangem sanções econômicas e bloqueios. Os motivos podem ser supostas tentativas de interferir nos sistemas de votação e também espalhar “desinformação”, o que pode dar margem a interpretações bastante criativas do que seja “desinformação” para censurar a imprensa estatal estrangeira e punir governos usando isso como pretexto.

Enquanto os EUA acusam países atrasados de interferência nas eleições, uma acusação absurda, são os norte-americanos que interferem na política interna de países atrasados no mundo todo, muitas vezes sem sequer disfarçar. Começando pelos golpes na Guatemala, Brasil, Chile, Argentina etc. no século passado, até as campanhas golpistas mais recentes.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas