Massacre contra a população
Não bastasse a crise econômica aliada à pandemia como lenha para a combustão social, as forças de repressão do Estado têm soprado a chama da rebelião popular contra o regime.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
screen_shot_2020_08_24_at_09_22_48-19105060
Policial preparado para efetuar disparos contra vítima desarmada | Foto: Reprodução

O termômetro social dos EUA tem marcado altas temperaturas desde a morte de George Floyd. Não bastasse a crise econômica aliada à pandemia como lenha para a combustão social, as forças de repressão do Estado têm soprado a chama da rebelião popular contra o regime político. Após mais uma atrocidade policial, uma onda de protestos tomou o estado de Wisconsin.

Na tarde deste domingo, 23, na cidade de Kenosha, por volta das 17 horas (hora local), câmeras flagraram o exato momento em que policiais disparam pelo menos sete vezes contra Jacob Blake. Atendendo um suposto chamado de “incidente doméstico”, oficiais da polícia foram dispostos à execução; foram ao menos 7 disparos de arma de fogo. De acordo com comunicado divulgado pelo Departamento de Polícia de Kenosha, a vítima foi levada para um hospital. Sabe-se, portanto, que Blake está internado em estado grave no Hospital Froedtert, em Milwaukee.

Essa atrocidade cometida pela polícia estadunidense demonstra a realidade do povo negro norte-americano. Ações como essa não são isoladas, mas apenas uma das formas que a burguesia imperialista utiliza para aterrorizar o povo e impedir sua revolta. Mesmo representando cerca de 11% da população dos EUA, os negros são os que mais morrem pela covid-19, os que recebem os piores salários e que se encontram em condições de maior vulnerabilidade social. É preciso denunciar o verdadeiro terrorismo de Estado contra a população negra e pobre dos EUA.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas