Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Evo-Morales-Daniel-Ortega-1
|

Da redação – O presidente da Bolívia, Evo Morales, denunciou o papel do imperialismo norte-americano e seu cinismo ao interferir nos assuntos internos dos países da América Latina, especialmente.

No início desta semana, o governo dos EUA impôs sanções à vice-presidenta da Nicarágua, Rosario Murillo, que também é esposa do presidente, Daniel Ortega. Além disso, o secretário de segurança, Néstor Moncada, também recebeu sanções.

A desculpa encontrada pelo governo imperialista é a mesma de sempre: “corrupção”, “violação de direitos humanos”, “exploração de recursos públicos”.

“Os EUA insistem em seus ataques contra a Nicarágua, e agora impõem sanções econômicas contra Rosario Murillo, esposa do presidente Daniel Ortega, e o assessor de segurança, Néstor Moncada. Os EUA, autores de massacres e golpes de Estado no mundo, não têm moral para falar de direitos humanos”, escreveu Morales em sua conta no Twitter.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas