EUA não reconhecem eleições na Venezuela porque o povo está com Maduro

maduro

Principal financiador de golpes de Estado mundo afora, os Estados Unidos da América não reconhecem o resultado da eleição democrática da Venezuela para a presidência da República, ocorrida nesse domingo (20), conforme declarou o número 2 do Departamento de Estado norte-americano, John Sullivan.

O povo venezuelano já escolheu o seu presidente: Nicolás Maduro venceu com 67,7% dos votos válidos. Isso é uma verdadeira afronta aos interesses econômicos dos Estados Unidos, que almejam um governo que entregue de mão beijada toda a riqueza nacional do país latino, principalmente o petróleo, para grandes corporações norte-americanas e europeias.