Internacional
O governo dos Estados Unidos estuda a elevação da tarifa de 49,48% para 136,78% sobre as chapas de alumínio brasileiras.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
preco-de-chapa-de-aluminio-lisa_11154_71085_1546637095392_cover
Os EUA são o principal destino das chapas de alumínio brasileiras. | Reprodução.

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos estuda a elevação da alíquota de importação de chapas de alumínio de 18 países, entre eles a do Brasil. O anúncio desta possibilidade foi feito nesta sexta-feira (9).

Se o órgão decidir pela elevação, a tarifa para as chapas de alumínios brasileiras passará dos atuais 49,48% para 136,78%. O Brasil é o segundo maior exportador deste tipo de chapa para os Estados Unidos. Conforme o governo, o valor exportado foi de 97 milhões de dólares no ano passado.

A Associação Brasileira do Alumínio (Abal) informa que o Brasil exportou 31,57 mil toneladas do produto. Caso se confirme a elevação da tarifa, o impacto sobre as exportações brasileiras será grande.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas