“Democracia” americana
Departamento do Tesouro dos Estados Unidos emitiu nesta segunda-feira (4) uma licença que permite ao país fazer transações com seu capacho Guaidó
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
guaidó
Juan Guaidó, o autoproclamado presidente da Venezuela | Foto: Reprodução

De acordo com o site de noticias Sputnik, o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos emitiu nesta segunda-feira (4) uma licença que permite ao país fazer transações com o líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó.

O texto da licença afirma ainda que o documento não autoriza transações com Nicolás Maduro.

“Esta licença não autoriza qualquer transação ou atividade envolvendo a Assembleia Nacional Constituinte venezuelana convocada por Nicolás Maduro ou a Assembleia Nacional ilegítima programada para ser instalada em 5 de janeiro de 2021, incluindo seus respectivos membros e funcionários”.

A licença dá autorização para comércio com a Venezuela mesmo considerando as sanções impostas pelos Estados Unidos ao país sul-americano. A medida ainda reafirma o apoio de Washington ao capacho do imperialismo norte-americano, Guaidó, como legítimo líder da Venezuela.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas