Menu da Rede

Guerra imperialista

EUA emitem novas sanções contra presidente do Supremo venezuelano

O país que financia abertamente mercenários para invadir a Venezuela, que tem ligações íntimas com o narcotráfico colombiano, quer acusar outros de corrupção.

Tempo de Leitura: < 1

Pompeo e Moreno – Foto: reprodução

Publicidade
O fascista secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, acusou nesta terça-feira (21) o presidente do Supremo Tribunal de Justiça (TSJ) da Venezuela, Maikel Moreno, de "aceitar subornos" para influenciar as decisões da mais alta entidade.

Segundo Pompeo, Moreno, a quem descreveu como "um amigo de Maduro", usa "sua posição de autoridade" para fins próprios. 

 Assim sendo, os EUA envia "uma mensagem clara", demonstrando que Washington seria "contra a corrupção" na Venezuela. 

Parece piada, mas não é.  

O país que financia abertamente mercenários para invadir a Venezuela, que tem ligações íntimas com o narcotráfico colombiano, controlando o governo de extrema direita que está aniquilando fisicamente a oposição, quer falar de "luta contra a corrupção". 


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mais Lidas
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTT

A Frente Popular na França, por Rui Costa Pimenta - Universidade Marxista nº 409

101 Visualizações 99 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend