Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A Casa Branca divulgou em dezembro de 2017 um longo documento tratando dos pilares da estratégia de segurança nacional que vem sendo adotada pelos Estados Unidos, onde o governo daquele país assume claramente que usa a chamada “luta contra corrupção” como uma forma de “dissuadir, coagir e restringir a ação de adversários” nos países sob a influência direta de seu imperialismo. O que deixa mais do que claro que o processo de impeachment conta a ex-presidenta Dilma Rousseff e agora a perseguição contra o ex-presidente Lula não passa de um golpe de estado que se utiliza da “luta contra a corrupção” para anular adversários políticos e promover o saque à céu aberto de todas as riquezas do Brasil, como é caso do pré-sal.

OS EUA ASSUMEM PUBLICAMENTE QUE SÃO OS MAIORES CORRUPTORES DO PLANETA 2
As manifestações “coxinhas” foram promovidas direto da Casa Branca

Neste documento, recheado de belas frases de efeito, os EUA, em suma, reafirmam sua total falta de escrúpulos na obstinada tarefa de impor o seu poder de coação sobre os outros países, utilizando-se de todo e qualquer meio que seja por eles considerado eficiente, pouco importando se lícito ou criminoso.

Fica evidente pelo texto divulgado, que ao imperialismo norte-americano, por exemplo, não há qualquer problema em corromper funcionários dos poderes judiciários de países sob a sua influência – inclusive juízes e promotores – para os utilizarem como agentes de uma fantasiosa “luta contra a corrupção”, que, na verdade, é só uma maquiagem para a mais descarada perseguição política contra todo aquele que não seja completamente submisso aos mandos do império.

O imperialismo não tem nenhum pudor em assumir publicamente que usa e usará de todo e qualquer meio de que disponha para impor a sua vontade sobre o resto do mundo.

E fará isto sem medir qualquer consequência, ainda que tenha de criar sérias crises econômicas e políticas, destruir a legitimidade de instituições democráticas, efetuar golpes de estado, atacar populações ou corromper poderes inteiros, continuará a estender seus terríveis tentáculos de opressão e exploração sobre todos os povos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas