Coronavírus
A política dos golpistas é a negligência total
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bh_corona
Boletim Epidemiológico de Belo Horizonte | Foto: PBH/SMSA

Estudo feito pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgoto da Universidade Federal de Minas Gerais (INCT/UFMG) divulgado na sexta-feira (31/07) revelou que em torno de 850.000 pessoas estão infectadas pelo coronavírus na capital mineira, os novos números revelam uma explosão de casos.

O estudo leva em consideração as amostras de esgoto dos rios Arrudas e do Onça, onde cerca de 20.000 pessoas que moram próximas as bacias também estariam contaminadas.

Os números das amostras desmentem as afirmações dos governos, de BH e do estado, que a cidade teria chegado em um platô, ou seja, de que a disseminação da doença estaria estabilizada, pelo contrário, o número de pessoas infectadas seria 50 vezes maior que as estimativas oficiais.

Os números do estudo demonstram de forma cabal que o coronavírus foge de qualquer controle do Estado.

De fato ninguém sabe o número real de infectados pois a testagem da população é inexistente e somente aquelas pessoas que apresentam sintomas ou que pagam cerca de R$230,00 pelo exame na farmácia, sabem se estão infectados.

E, nessas condições, é impossível qualquer medida efetiva, e com a burguesia de Belo Horizonte num embate feroz contra a prefeitura pela reabertura do comércio, a tendência, caso isso ocorra,  é que os números acima, que já são catastróficos, aumentem ainda mais, elevando o número de infectados e mortos.

A política dos golpistas é a negligência total.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas