Estudantes de odontologia da UFPA suspendem atendimento por falta de materiais básicos

sem-titulo-ii

Alunos da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) suspenderam o atendimento ao público oferecido pela clínica da instituição devido a falta de estrutura. Eles também denunciam que não tem estrutura (equipamentos) para atender aos pacientes que são pessoas carentes.

A suspensão do atendimento também foi devido a falta de água e luz nos laboratórios. O compressor não funciona e o processo de esterelização dos aparelhos e equipamentos está comprometido, colocando em risco a saúde de todos.

Com a suspensão do atendimento, pelo menos mil pessoas por semana devem ser prejudicadas, já que a clínica da Universidade atende 200 pacientes por dia.

Após o golpe de 2016, notícias como essa são recorrentes. Não só os programas de acesso estão sendo extintos, mas toda a infraestrutura das Universidades públicas no Brasil está sendo sucateada no intuito de privatizá-las.

O plano dos golpistas é liquidar com todo o ensino universitário público e gratuito. Todas essas medidas de austeridade aplicadas pelo governo golpista nas universidades públicas em todo o país são parte de um projeto de desmonte do ensino público, que visa entregá-lo ao capital privado.