Juventude chilena
Estudante do Ensino Médio no Chile exigem educação gratuita de qualidade e o fim dos vestibulares
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
8 de Agosto de 2012/VIÑA DEL MAR

Este medio día marcharon por las calles de la ciudad jardín alrededor de cinco mil personas en apoyo a las demandas estudiantiles por una educación gratuita y de calidad, la manifestación termino con enfrentamientos aislados  entre encapuchados y FFEE de Carabineros en el centro de la ciudad.

FOTO:CRISTIAN OPAZO/AGENCIAUNO
Estudantes Chile. Imagem ilustrativa | Foto: Cristian Opazo / Agencia UNO

Nesta segunda-feira (21) alunos do ensino médio no Chile decidiram durante Assembleia de Coordenação de Alunos do Ensino Médio (ACES) decidiram ocupar o Departamento de Avaliação, Medição e Histórico Educacional (Demre), vinculado à Universidade do país.

Cerca de 60 jovens protestaram dentro e fora do recinto e exigiram que fossem ouvidas as suas reivindicações sobre o processo de admissão nas universidades, exigem o acesso gratuito e universal ao ensino superior, bem como o fim dos exames de admissão à universidade. Eles também criticam a necessidade de fazer um teste de transição para entrar nas universidades em janeiro próximo.

De acordo com a Telesur, a porta-voz do ACES, Catalina Garay, disse que por conta da pandemia que não há condições para fazer esse exame. “Tivemos que negligenciar nossos estudos para poder sair para trabalhar e levantar a panela comum de dentro de nossas casas”, disse a dirigente estudantil. Os jovens também pediram a libertação dos detidos durante as mobilizações sociais de outubro de 2019.

Segundo relatos, os estudantes foram duramente reprimidos por Membros do Corpo de Carabineiros, que evacuaram o prédio e levaram 25 pessoas presas. Devido ao despejo com uso da força vários estudantes sofreram lesões.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas