Menu da Rede

Tinhorão: a defesa intransigente da genuína Música Brasileira

Anterior
Próximo

Europa

Estônia, Letônia e Lituânia expulsam diplomatas russos

Estônia, Letônia e Lituânia anunciaram nesta sexta-feira (23) a expulsão de quatro diplomatas russos, sendo um por parte de Tallinn, outro de Riga e dois por parte de Vilnius

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Bandeira russa – Foto: reprodução

A Lituânia expulsou dois funcionários da embaixada russa em solidariedade à República Tcheca, afirmou o Ministério das Relações Exteriores do país.

“Hoje, 23 de abril, o Ministério das Relações Exteriores da Lituânia convocou um representante da Embaixada da Rússia na Lituânia e lhe entregou uma nota diplomática, declarando dois membros do pessoal da embaixada personae non gratae, por terem realizado atividades incompatíveis com seu status diplomático e dando-lhes sete dias para deixarem a Lituânia. A decisão mostra nossa solidariedade com os aliados depois de um incidente sem precedentes e perigoso na República Tcheca”, declarou o ministério lituano.

A decisão foi tomada em cooperação próxima com a “Letônia e Estônia”, ressaltou o ministério.

A Letônia anunciou a expulsão de um diplomata russo, segundo o ministro das Relações Exteriores do país, Edgars Rinkevics.

​Em solidariedade com nossos aliados tchecos e devido às violações da Convenção de Viena, a Letônia decidiu expulsar um diplomata russo. A Letônia não vai tolerar atividades subversivas em seu território ou de seus aliados.

A Estônia, seguindo seus aliados, também anunciou a expulsão de um diplomata russo.

Conflito diplomático

Recentemente, três funcionários da Embaixada da Rússia em Varsóvia foram declarados personae non gratae. Por sua vez, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia declarou, nesta sexta-feira (23), cinco funcionários da embaixada polonesa personae non gratae, com os diplomatas devendo deixar o país até o final do dia 15 de maio.

Três membros da Embaixada da Rússia em Bratislava, Eslováquia, também foram obrigados a deixar o país em meio a um passo semelhante ao da República Tcheca, afirmou na quinta-feira (22) Eduard Heger, premiê eslovaco.

No dia 22 de março, após um alegado caso de espionagem de representantes russos na Bulgária, as autoridades búlgaras declararam dois diplomatas russos personae non gratae. Em contrapartida, a chancelaria da Rússia informou que, como medida de retaliação, Moscou expulsa dois diplomatas da Embaixada da Bulgária, que devem deixar o território russo em 72 horas.

No sábado (17), Andrei Babis, primeiro-ministro da República Tcheca, acusou os serviços de inteligência russos de participar da explosão de 2014 em um depósito de munição em Vrbetica, justificando com isso a expulsão de 18 diplomatas russos do país. O Kremlin negou as acusações e as considerou ultrajantes e infundadas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.