“Estávamos anestesiados, agora estamos acordando”, Lula para dezenas de milhares em Porto Alegre

No final do dia 23, uma multidão acompanhou o ato contra a condenação de Lula em Porto Alegre. Se concentrando na Esquina Democrática, cerca de 70 mil pessoas, segundo os organizadores, passaram pelo ato, que contou com a participação de organizações sindicais, movimentos populares e partidos de esquerda como PCO, PT e PCdoB.

O ato foi encerrado com o discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que denunciou a perseguição política da direita contra ele e toda a esquerda.

No dia seguinte, data do julgamento no TRF4, boa parte dos manifestantes ficaram em Porto Alegre, no acampamento do montado pelo MST, para outro ato, independente do resultado do julgamento.

Em São Paulo, a partir das 16 horas, com concentração na Praça da República, também ocorreu um enorme ato. O ato seguiu até a Av. Paulista e contou com a presença de Lula.