Crise nos EUA
Os Estados Unidos registraram um total de 898 mil novos pedidos de seguro-desemprego neste mês de setembro. Este é o nível mais alto de pedidos desde agosto. 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Desemprego-EUA
Desemprego e demissões se aprofundam nos Estados Unidos. | Reprodução.

Os Estados Unidos registraram um total de 898 mil novos pedidos de seguro-desemprego neste mês de setembro. Este é o nível mais alto de pedidos desde agosto.

Este número indica uma alta nas demissões, o que demonstra que a tão propalada recuperação econômica não é uma realidade. É importante destacar que a pandemia do coronavírus atinge duramente os Estados do Meio-Oeste. Os hospitais dos Estados de Utah,  Wisconsin,  Dakota do Sul, Dakota do Norte e Montana estão registrando recorde no número de internações.

A crise capitalista no país mais desenvolvido e poderoso do mundo está longe de terminar, conforme apontam os dados relativos aos pedidos de seguro-desemprego.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas