Mortes crescem no Japão
O resultado do cancelamento para a economia japonesa pode ser catastrófico, se somada à crise ja existente e o coronavírus
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
japao
Foto: REUTERS/Athit Perawongmetha |

Da redação – O adiamento dos Jogos Olímpicos foi decidido nesta segunda-feira (23), segundo declaração do mais antigo do COI (Comitê Olímpico Internacional), onde está desde 1978, o ex-presidente da Wada (a agência internacional antidopagem) Dick Pound, de 78 anos. 

Sendo assim, os jogos não começarão em 24 de julho. Segundo o dirigente canadense, serão adiados para o ano que vem em Tóquio. 

Ainda segundo ele, a decisão sobre o adiamento será tomada em etapas e eles, do COI, começarão a lidar com as “imensas” consequências a partir desta definição.

É a primeira vez que o comitê olímpico coloca o adiamento das Olimpíadas de Tóquio, frente aos cenários que trabalham com a remarcação do evento para o final deste ano ou para 2021 ou 2022.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas