“Essa não, faz outra pergunta”: Bolsonaro abandona entrevista ao ser questionado sobre Egito

BRAZIL-ELECTION-CANDIDATES-DEBATE

O golpista Jair Bolsonaro, vitorioso na fraude eleitoral, abandonou uma entrevista após ser questionado pelo repórter sobre o cancelamento de uma visita que seria feita pelo governo Brasileiro ao Egito. O agora presidente eleito afirmou, diante da pergunta do repórter: “não, outro assunto, outra pergunta aí”. Como não foi obedecido, deixou a entrevista que cedia, na saída do Ministério da Defesa.

Para o Itamaraty o cancelamento é  uma retaliação do Egito as manifestações servis de Bolsonaro, que obedecendo os Estados Unidos afirmou a intenção de mudar a capital da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, uma posição diplomática extremamente ofensiva e criminosa com os povos árabes.

Fica evidente que o governo improvisado da burguesia golpista, o governo Bolsonaro, é fraco, pois é ceifado de inúmeras contradições. Seu posicionamento que reconhece Jerusalém como capital, entra em confronto com os interesses de outros setores da burguesia, como é o caso dos países árabes, como o Egito que obviamente, apesar de ser capacho dos norte-americanos, percebe a crise que irá gerar o governo Bolsonaro já que o Brasil é o principal exportador de carne desses países, e o brasileiro tem uma política hostil a eles.

O governo bem mesmo se efetivou e já começa a desmontar-se, Paulo Guedes um criminoso e lacaio fiel do imperialismo, ao lado de um sem número de bandoleiros representando interesses diversos da burguesia brasileira formam o Frankenstein que será o governo ilegítimo.

Um governo que dá mostras de ser fraco e contraditório ao mesmo tempo; pode ser um problema para burguesia brasileira.