Sempre a reboque da direita
Sem nenhum critério, representantes de partidos de esquerda saem propagandeando a política do fascista João Doria
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Bolsodoria
Doria e Bolsonaro possuem a mesma política genocida | Foto: reprodução
Bolsodoria
Doria e Bolsonaro possuem a mesma política genocida | Foto: reprodução

No dia 7 de janeiro, o governador tucano fascista João Doria anunciou a eficácia da vacina Coronavac e que possui um plano para vacinação de milhões de paulistas no próximo período. “Coronavac tem eficácia de 78% a 100% contra a covid-19, apontam estudos no Brasil”, disse o tucano Doria durante entrevista realizada no período da tarde.

O anúncio de João Doria sobre o resultado da vacina contou com ampla divulgação da imprensa golpista e do apoio de integrantes da esquerda que comemoraram o resultado sem nenhuma avaliação sobre a veracidade do anúncio realizado pelo tucano. Veja algumas das declarações dadas após o anúncio da vacina pelo fascista João Doria:

O ex-ministro da Saúde e deputado federal Alexandre Padilha, do PT, disse que “Tivemos uma muito boa notícia nos resultados da eficácia da vacina Coronavac, do Butantan, instituição do SUS“, disse. “Por isso, a Anvisa tem que liberar a vacina urgente. Uma agência que registrou mais de um agrotóxico por dia não pode atrasar em nem um dia a autorização da vacina do Butantan“.

Vitória da ciência. Viva o SUS e o Instituto Butantã! Vacina para todos já! “, disse a deputada federal Sâmia Bomfim, do PSOL.

Vacina da CORONAVAC tem 78% de eficácia. Antes de tudo, precisamos agradecer aos 13 mil profissionais de saúde voluntários, aos cientistas envolvidos no estudo e a todos que não politizaram a vacina”, disse Guilherme Boulos.

Não é de se estranhar a semelhança entre as declarações da esquerda com as declarações realizadas pela direita golpista que já fez parte do governo Bolsonaro e foi responsável pela situação de caos sanitário no Brasil causado pela pandemia.

Vitória da Ciência com C maiúsculo. Dia triste para os negacionistas. A vacina é o nosso passaporte para retomar a vida normal, salvar vidas e fazer a economia voltar a crescer”, disse o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia.

Parabéns equipe do Butantã, meu caro Dimas Covas. Ciência. Foco. Disciplina. Agora é ver se a ‘’logística’’ não vai atrapalhar”, disse o ex-ministro da Saúde e um dos principais responsáveis pela total falta de condições do Sistema de Saúde em atender a população.

Demagogia com a vacina enquanto mata o povo nas ruas

Hoje é um dia muito importante para o Brasil, para os brasileiros, para a vida e para a saúde. Esse resultado significa que a vacina tem elevado grau de eficiência e eficácia para proteger a vida dos brasileiros. Hoje é o dia da esperança, hoje é o dia da vida. A vacina do Butantan é a vacina de São Paulo, é a vacina do Brasil”, afirmou o Doria e completou “É uma vitória do planejamento e do trabalho que iniciamos em abril. Grandes conquistas não se constroem da noite para o dia. A conquista da ciência não é um fato político, partidário ou ideológico. É um fato da ciência”.

A declaração de João Doria revela a extrema demagogia que está fazendo em relação a vacina. A demagogia é tamanha que o governo chines autorizou que chame a CoronaVac, vacina contra a Covid-19 produzida pela fabricante chinesa Sinovac e o Instituto Butantã, de “vacina do Brasil”, muito parecido com os jargões bolsonaristas.

Em primeiro lugar a esquerda em vez de comemorar de maneira acrítica o anúncio, deveria denunciar o governo Doria e a completa manipulação de dados sobre o coronavírus no estado de São Paulo. Como consequência deveriam denunciar que essa manipulação pode estar sendo realizada em relação aos números da vacina “milagrosa” apresentada por João Doria.

O Instituto Butantã e outros laboratórios não estão a parte da política e na maioria das vezes é coordenado por pessoas indicadas e de confiança dos governos e que por isso deveria ver com desconfiança porque a manipulação e falsificação pode ocorrer da mesma maneira que o PSDB faz com os números do coronavírus.

Enquanto Doria faz demagogia com a “eficiência” da vacina, esconde que não faz nada desde o início da pandemia e deixou a população a mercê do coronavírus e suas consequências econômicas. Podemos citar aqui uma série de exemplos da política genocida do PSDB em São Paulo, como deixar as empresas de ônibus reduzirem a frota de ônibus deixando a população mais apertada, corte de funcionários do metro, em particular da limpeza, falta de atendimento médico, falta de testes em massa, ataques a idosos e pessoas com deficiência para beneficiar os grandes monopólios do transporte e muito mais.

A mesma esquerda que apoia a frente ampla

Não é por acaso que esses elogios realizados de maneira envergonhada a João Doria não é por acaso. Essa esquerda que que deu declarações favoráveis a Doria é a mesma que defende com unhas e dentes a política de ficar a reboque da direita golpista. Uma boa lembrança para esta matéria a carta escrita pelo petista gaúcho Tarso Genro para que João Doria lidere a frente de derrubada de Jair Bolsonaro. Uma afirmação que somente pode enganar as pessoas mais ingênuas e que mobiliza um setor parlamentar extremamente oportunista em troca de cargos e benefícios parlamentares.

A esquerda mais uma vez está entrando de cabeça na política de fazer propaganda dos elementos mais reacionários da política nacional e mais poderosos devido a demagogia e manipulação dizendo que apesar de compor a direita faz parte dos governadores científicos e defensores da vacina, sendo que não prática nada de efetivo é visto.

Em vez de ficar a reboque da direita e de fazer propaganda de supostas conquistas ou do mal menor, a esquerda deveria denunciar a demagogia de João Doria. Os números sobre eficácia, segurança ou uso da vacina não devem ser aceitos de qualquer maneira dizendo que a empresa fez “pesquisa”, os institutos de pesquisa “afirmaram” que é seguro e eficaz.

Os trabalhadores têm que confiar apenas nas suas organizações, pois os órgãos de pesquisa estão nas mãos dos estados controlado pelas empresas. As organizações de trabalhadores têm que acompanhar não apenas os números, mas todo o processo de desenvolvimento da vacina e sua aplicação. É a única maneira de obter segurança do processo e não ficar fazendo propaganda da direita fascista que não liga a mínima para os trabalhadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas