Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
diego-souza-botafogo1
|

Numa partida em que apresentou um futebol medíocre na primeira etapa, onde o adversário perdeu várias oportunidades de gol e teve um pênalti desmarcado pelo próprio árbitro, o Botafogo garantiu – ao menos temporariamente, até o final de semana – sua sobrevida no campeonato carioca.

O time do técnico Zé Ricardo faz a pior campanha entre os chamados quatro “grandes” e mesmo com a vitória de ontem sobre a fraca Portuguesa, ainda depende de uma improvável combinação de resultados para se classificar às finais.

Nem mesmo a goleada (4 x 1) aplicada no segundo tempo foi suficiente para dar um alento ao time de General Severiano. O futebol apresentado pela equipe alvinegra já no primeiro turno foi muito aquém do se espera de um time com a tradição e a história do Botafogo no cenário futebolístico nacional. A fraca campanha na Taça Guanabara não foi superada agora no returno e muito provavelmente o time estará alijado da fase final do certame carioca. Os reforços (Diego Souza e Cícero) ainda não deram resposta e o time pratica um futebol tecnicamente fraco, desorganizado, sem ofensividade e coordenação entre as jogadas de ligação do meio de campo e ataque.

Copa Sul-Americana

O Fluminense viajou até o Chile para uma tarefa muito complicada e difícil. O tricolor tinha como compromisso derrotar o Antofagasta, com o qual já havia empatado na partida de ida, no Maracanã, pelo placar de 1 x 1. A vitória era o único resultado que interessava ao time carioca para seguir vivo na segunda competição mais importante do continente.

E foi com este espírito que o time do técnico Fernando Diniz desembarcou na cidade chilena. O ataque tricolor esteve implacável, com ótimo entrosamento com o meio de campo. A dupla de ataque formada por Luciano e Everaldo esteve em boa sintonia e foram deles os gols que garantiram a vitória do tricolor em território adversário e a ida para a próxima fase da competição. O Fluminense ainda desperdiçou um pênalti, cobrado por Luciano e defendido pelo goleiro.

As atenções do tricolor se voltam agora para o clássico de domingo – FLA x FLU – válido pela última rodada do returno do campeonato carioca. Aos poucos o time vem encontrando o formato que o técnico Diniz almeja, com um futebol de muita movimentação e posse de bola, buscando sempre abrir espaços na retaguarda adversária para o avanço dos atacantes.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas