Copa do Brasil – Nos pênaltis, Londrina derrota o Paraná e avança à próxima fase da competição

Londrina

Numa partida em que mostrou um futebol superior ao do adversário em todo o tempo regulamentar, o Londrina avançou à terceira fase da competição ao derrotar o Paraná Clube, nos pênaltis, pelo marcador de 5 x 4.

Contudo, o Londrina, jogando em seus domínios, o tradicional estádio do Café, teve que lutar muito para chegar à classificação. Embora o time tenha dominado o adversário nas duas etapas, a classificação à próxima fase só veio através da cobrança de penalidades máximas. Isso porque o “Tubarão” não conseguiu converter em gol as boas oportunidades que criou durante a partida. Tanto é que foram os visitantes que abriram o placar ainda no primeiro tempo, num arremate forte, rasteiro, vindo do lado direito do ataque do Paraná Clube.

O primeiro tempo terminou cm a vantagem dos paranaenses da capital, que voltaram para o segundo tempo com a indisfarçável intenção de tentar “cozinhar” a partida, garantindo a vantagem no placar. O Londrina partiu para cima com a mesma determinação que vinha tendo no primeiro tempo, mas já sem a mesma eficácia nas articulações, além de continuar pecando muito nas finalizações. O Paraná mantinha a mesma estratégia, se defendendo e administrando o resultado.

Mas de tanto insistir, os donos da casa acabaram chegando ao empate, já no finalzinho da partida. A zaga do Paraná impediu a progressão de um atacante londrinense com falta, na entrada da área, com o juiz marcando a infração. Era a última oportunidade do Londrina. Numa belíssima cobrança de falta, numa folha seca indefensável, a bola chutada de forma precisa por Luquinha foi morrer no ângulo direito do goleiro adversário. Um golaço. Partida empatada e apito final, com a decisão indo para os pênaltis. Nas cobranças, a pontaria dos donos da casa esteve mais precisa e depois de seis cobranças para cada lado, o placar registrou a classificação do Londrina, pelo marcador de 5 x 4. Festa no estádio do Café. O time da casa avançou à terceira fase da Copa do Brasil.

Taça Libertadores – Melgar/PER vence venezuelanos do Caracas e praticamente assegura a classificação à fase de grupos

Numa partida tecnicamente fraca, mas que confirmou como vitorioso o time mais determinado e organizado em campo, os peruanos do Melgar fizeram 2 x 0 no Caracas-VEN e leva uma importante vantagem para a partida de volta, na capital da Venezuela. Se confirmar a classificação, o time peruano assegura uma vaga na fase de grupos, indo se juntar aos brasileiros do Palmeiras, Junior Barranquilla-COL e San Lorenzo-ARG, que aguardam o quarto componente do grupo.

Ministério Público do Rio de Janeiro e Flamengo não chegam a acordo

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, o Ministério Público Estadual e o Ministério Público do Trabalho divulgaram nota na quarta-feira comunicando que não chegaram a um acordo com o Flamengo quanto aos valores a serem pagos às famílias dos dez garotos da base, que faleceram no incêndio ocorrido no Centro de Treinamento do clube, o Ninho do Urubu, ocorrido na semana passada.

As autoridades judiciais – diz o comunicado – consideram que “os valores ficaram abaixo daquilo que as instituições consideram razoável para a perda das famílias dos garotos” (ESPN, 20/02).

A posição do Flamengo – não só agora em oferecer valores irrisórios às famílias dos jovens garotos, mas desde o primeiro momento da tragédia – evidencia o mais completo descaso e a total irresponsabilidade dos dirigentes de um dos maiores clubes do país com seus atletas de base, jovens adolescentes que muitas vezes deixam suas famílias para irem viver em centros de treinamento totalmente vulneráveis e inadequados para alojarem com segurança e um mínimo de conforto quem ali se abriga.

Fica claro que a única preocupação é com o retorno financeiro que estes jovens valores poderão dar ao clube, muitos deles negociados ainda muito precocemente com o futebol estrangeiro, gerando verdadeiras fortunas para os cartolas dirigentes, que sequer têm a preocupação de oferecer um local digno e seguro para essa garotada.