Paulistão: Corinthians e São Paulo são derrotados na rodada e sinal de alerta é aceso
()  SPO
Paulistão: Corinthians e São Paulo são derrotados na rodada e sinal de alerta é aceso
()  SPO

Com o adiamento da rodada do final de semana do campeonato carioca, em função da tragédia ocorrida no Centro de Treinamento do Flamengo, as atenções se voltaram para o maior e mais expressivo campeonato estadual do país, o campeonato paulista, ou como é popularmente conhecido, o “Paulistão”.

Diferentemente de outros campeonatos regionais, onde os times considerados de menor expressão praticamente não incomodam os chamados “grandes”, no Paulistão a disputa entre os times da capital e do interior se dá em uma situação de quase igualdade. Basta relembrar o ano de 1990, quando a final foi disputada entre dois times do interior, Bragantino x Novorizontino, com o título ficando com o time da cidade de Bragança Paulista, o Bragantino, à época treinado pelo então desconhecido, Wanderley Luxembrugo. A disputa ficou conhecida como “final Caipira”.

Não se pode afirmar ainda que algum time do interior poderá chegar à final, mas as equipes representantes das cidades fora da capital já fazem uma das melhores campanhas dos últimos anos do campeonato.

Na rodada deste final de semana, realizada s[abado e domingo e que será complementada nesta segunda-feira com a partida entre Palmeiras x Bragantino, mais uma vez os times do interior aprontaram para cima dos times da capital. Jogando em seus domínios, a Ponte Preta aprofundou a crise no tricolor paulista, ao derrotar o time do Morumbi pelo placar de 1 x 0. O resultado deixou o técnico André Jardine no fio da navalha, depois de mais uma derrota. A diretoria irá aguardar tão somente a partida do meio de semana contra o Talleres, da Argentina, pela fase classificatória da Libertadores para decidir a situação do treinador. O São Paulo precisa da vitória por uma diferença de dois gols para assegurar a ida para a fase de grupos, ou estará eliminado da competição. Não há alternativa para o tricolor: É vencer ou vencer.

Outro “grande” que se encontra em situação bastante parecida com a do rival São Paulo é o Corinthians, que mesmo tendo repatriado do futebol árabe o técnico campeão Fábio Carille, ainda não conseguiu emplacar uma campanha que inspire confiança. O time foi derrotado pelo Novorizontino pelo placar de 1 x 0 e ainda não disse a que veio no campeonato. Impaciente, a torcida do “Timão” já começa a dar sinais de irritação com o pífio desempenho da equipe na competição.

Dentre os chamados “grandes”, somente o Santos, até o momento, obteve resultado positivo na rodada, ao derrotar o Mirassol, com dificuldade, pelo placar mínimo de 1 x 0. O Guarani, outro time de Campinas, derrotou o Botafogo-RP, pelo placar de 2 x 0, avançando na tabela.

A rodada de final de semana foi a de número seis, de um total de doze. Os times que almejarem estar entre os melhores colocados, incluindo aí os de maior camisa e tradição, devem, a partir deste momento, ajustarem suas equipes para os próximos confrontos, que passam a ser decisivos para as pretensões dos candidatos ao título de campeão de 2019.