Racismo – Atacante do Manchester City recebe insultos racistas de torcedores do Chelsea

raheem-sterling

O atacante do Manchester City e da seleção inglesa, Raheem Sterling, foi insultado com xingamentos racistas durante a partida disputada pela Premier League – a divisão de elite do futebol inglês – no final de semana, onde o seu time enfrentou a equipe londrina do Chelsea. Sterling é um dos principais atacantes do futebol inglês e mundial, tendo sido um dos destaques da Inglaterra na copa do mundo da Rússia.

Depois da partida em que seu time foi derrotado pelo placar de 2 x 0, Sterling usou sua conta numa rede social para criticar a imprensa inglesa, acusando-a de estimular a conduta racista por parte da torcida. “Bom dia. Só quero dizer que normalmente não sou a pessoa que fala muito, mas quando acho que preciso ser escutado, eu falo alto”. “”Sobre o que foi falado no jogo contra o Chelsea, como podem ver pela minha reação, não poderia fazer nada além de rir. Não espero algo melhor” (ESPN, 09/12).

Sterling disparou contra os órgãos da imprensa inglesa dizendo que certas publicações e manchetes dos jornais trabalham incentivando o racismo e a conduta agressiva dos torcedores. Citou como exemplo o caso de dois jogadores do próprio clube, um negro e um branco, onde a imprensa tratou de forma diferenciada o jogador negro diante de uma mesma situação. “Por exemplo, temos dois jovens jogadores no começo de suas carreiras. Jogam pelo mesmo time, ambos fizeram a coisa certa. Compraram uma casa para suas mães, que investiram muito tempo e amor. Mas olhem como os jornais tratam o jovem negro e o jovem branco.” “”Acho que é inaceitável. Ambos são inocentes, nunca fizeram algo errado. O jovem negro é visto da forma errada. Isso ajuda a incentivar o racismo e comportamento agressivo. Para todos os jornais que não entender por que as pessoas são racistas hoje, só posso pedir para que pensem bem em como vão tratar todos os jogadores” (idem, 09/12)

O fenômeno do racismo e outras manifestações características da extrema-direita europeia se avolumam cada vez mais no velho continente, onde recrudesce de forma preocupante, em quase todos os países, o fascismo, cuja política está dirigida contra as minorias, mas muito particularmente contra os imigrantes negros da África, que se amontoam em embarcações em direção ao continente europeu. Os africanos se aventuram pelo mar  fugindo das guerras, da fome, da miséria, do sofrimento e da mais completa ausência de perspectiva em seus países, que foram colonizados, pilhados, roubados e espoliados pelos usurpadores europeus.