Imprensa esportiva francesa “escala seleção” do PSG sem o brasileiro Neymar
neymar
Imprensa esportiva francesa “escala seleção” do PSG sem o brasileiro Neymar
neymar

A campanha da imprensa esportiva internacional contra o melhor futebol do mundo – o futebol brasileiro – que vem se materializando, nos últimos anos, no ataque e na perseguição ao nosso melhor jogador, o atacante Neymar, do PSG, da França, assumiu neste momento contornos de uma verdadeira piada, de uma hilariante comédia.

Todo e qualquer fato ou acontecimento envolvendo Neymar, seja dentro ou fora das quatro linhas, por mais comezinho e desprezível que seja, é ampliado dezenas de vezes pelos órgãos da imprensa esportiva europeia, em particular os jornais espanhóis e franceses, que têm o intuito claro e indisfarçável de tentar desmoralizar e desacreditar o nosso futebol, a nossa seleção e, em última instância, o próprio povo brasileiro, sua cultura, seus hábitos e costumes.

A provocação e a tentativa de chacota contra o futebol brasileiro teve como protagonista, mais uma vez, a publicação francesa do L’Équipe, o principal jornal esportivo da França. O diário parisiense, em sua edição de segunda-feira, dia 21 de maio, publicou em suas páginas 11 jogadores que comporiam o que de melhor o time onde joga o craque brasileiro Neymar, o Paris Saint Germain, reuniu em sua história mais recente. Supostamente, a escolha teria ocorrido através da manifestação de torcedores e internautas.

Para não deixar qualquer dúvida sobre o caráter provocativo da campanha contra o futebol brasileiro, a lista apresentada pelos “especialistas” do L’Équipe deixa de fora da “seleção” do PSG o atacante Neymar, principal e melhor jogador do time recentemente campeão da França. Embora figurem na lista quatro nomes de jogadores e ex-jogadores brasileiros que fazem ou fizeram parte do elenco do time em algum outro momento, a exclusão do nome de Neymar entre os 11 melhores é não só uma grotesca provocação, como uma clara tentativa de desmoralizar e desacreditar o futebol do grande craque Neymar, buscando com isso, obviamente, atingir o futebol brasileiro em seu conjunto.

A vil campanha dos “especialistas” contra o melhor futebol do mundo nem se deu ao trabalho de ser discreta ou um pouco menos abjeta. No lugar de Neymar, o jornal esportivo francês “escalou” o argelino Mustapha Dahleb que, muito respeitosamente da nossa parte, trata-se de um nome completamente desconhecido do grande público. O periódico tenta ainda insinuar que o futebol de Neymar estaria sendo questionado não só pelos torcedores do PSG, como pelos próprios torcedores brasileiros, que supostamente não o aprovariam na seleção brasileira, que será convocada em breve para a disputa da Copa América, marcada para os gramados do Brasil nos meses de junho e julho.

Abaixo os ataques ao atacante Neymar!

Abaixo os ataques ao futebol brasileiro!