Crise espanhola
População rejeita imposição das medidas restritivas do governo, que caracteriza manifestantes como “extrema-direita”
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
protesto-espanha
Polícia espanhola reprime manifestantes contrários à política de restrição à livre locomoção | Foto: Reprodução/Ruptly
Cerca de 60 pessoas foram presas na Espanha, em decorrência dos protestos ocorridos em diversas regiões
do país. As mobilizações se desenvolvem pela contrariedade da população à política de lockdown imposta pelo governo espanhol. As prisões de manifestantes vêm acontecendo desde o sábado, 31.
As manifestações começaram ainda na sexta-feira (30), dia da entrada em vigor das restrições ao deslocamentos e aglomerações. A imprensa imperialista tem caracterizado tais manifestações como atos da extrema-direita.
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas