Escola do golpe: estudantes protestam depois de 15 dias sem aula em salas que não têm nem cadeiras

sala aula

Os estudantes, professores e pais de alunos do colégio estadual Visconde de Mauá, em São Cristóvão na Bahia, fizeram, na ultima sexta-feira, 28, um protesto em frente ao colégio reivindicando melhorias na escola, a qual se encontra em situação extremamente precária. Ha mais de 15 dias a escola esta sem cadeiras para os alunos, além de alimentação e uniformes.

O colégio que tem cerca de 180 estudantes, esta somente com 30 cadeiras. Os professores e alunos são obrigados a comerem a merenda no chão da escola devida a total falta de estrutura. O uniforme que deveria ser providenciado aos estudantes no inicio do ano, ate o momento não foi fornecido.

A situação do colégio no interior da Bahia e apenas um pequeno reflexo da situação do ensino a nível nacional. E parte da politica do golpe de estado a destruição completa dos direitos da população pobre e trabalhadora, a qual tende a se acentuar ainda mais apos as eleições.

A única forma de barrar esse avanço dos golpistas e a mobilização dos trabalhadores contra o golpe de estado e contra a politica de terra arrasada que toma conta do pais.