Siga o DCO nas redes sociais

Espírito Santo
Chuvas deixam 354 desalojados e 310 desabrigados
Resultado da política de cortes dos golpistas
enchente-sp-enchente-alagamento-sp-chuva-sp-11032019102336538
Espírito Santo
Chuvas deixam 354 desalojados e 310 desabrigados
Resultado da política de cortes dos golpistas
Foto: Arquivo DCO.
enchente-sp-enchente-alagamento-sp-chuva-sp-11032019102336538
Foto: Arquivo DCO.

A estação das chuvas mal começou e a população brasileira, principalmente as das grandes cidades, já enfrenta o descaso dos governos da burguesia com a infraestrutura.

Nesse sábado, dia 16, pelo menos 10 cidades do Espírito Santo sofreram com os efeitos das chuvas. No estado, 664 pessoas ficaram fora de casa. Foram obrigadas a irem para casa de amigos ou parentes ou estão em alojamentos públicos. Os municípios de Viana, Cariacica e Alegre decretaram situação de emergência.

Além disso, em todo o estado, as enchentes e desabamentos já deiaram 2 mortos e 12 feridos.

Os governos da direita e a imprensa golpista procuram apresentar esses casos de calamidade como uma catástrofe natural, como se fosse uma fatalidade resultado da força da naturea.

Na realidade, a situação da população é produto direto não apenas do descaso tradicional dos governos, mas da política de cortes aprofundada pelos golpistas. Os municípios e os estados são os primeiros afetados por tais políticas, notadamente no que diz respeito aos serviços de infraestrutura.

Os primeiros alvos dos cortes são justamente a estrutura, dexiando a população à mercê e desprotegida.