Menu da Rede

Mais uma propaganda eleitoral do PSDB para “combater” Bolsonaro

Revoada dos tucanos

Erramos, e nosso erro poderia ter evitado um massacre

Avisamos ao MBL que não deveria participar dos atos, mas nosso aviso não chegou a tempo de o PSDB saber que não seria bem-vindo...

Bandeiras do PSDB lamentavelmente queimadas – Foto: Reprodução

Por Victor Assis

Em edição do dia 22 de junho, o Diário Causa Operária publicou um editorial com o título “Um aviso ao MBL: a direita não é bem-vinda às manifestações”. O artigo, após reforçar que o movimento que está nas ruas para derrubar o governo tem a direita golpista como inimiga, apenas recordou que, em todos os momentos em que o Movimento Brasil Livre ousou aparecer em atos da esquerda, seus mercenários foram escorraçados com a mais extrema violência, resultado da revolta do povo contra suas palhaçadas.

Cumprindo o papel ao qual este diário presta, de sempre esclarecer o leitor sobre a situação política nacional, informamos que o MBL não era bem-vindo. O MBL, após ler o artigo, logo anunciou que não iria mais participar das manifestações. Por descuido de nossa equipe, contudo, cometemos um erro grave: apenas o MBL foi notificado sobre o risco de ir para os atos. Esquecemos — ou alguém mal-intencionado o fez de propósito — de avisar o PSDB. Afinal, a manifestação seria ainda mais arriscada para os tucanos: enquanto o MBL é apenas um grupinho de fascistas que tentam intimidar a mobilização da esquerda, o PSDB é o partido que organizou o golpe de Estado, que pariu o bolsonarismo e que vem castigando o povo paulista por mais de duas décadas.

Esse erro não pode ser perdoado e será seriamente investigado por nossa equipe. Seja por esquecimento — seria um esquecimento que teria causado um episódio de violência desnecessária contra o partido mais violento do País —, seja porque alguém simplesmente queria ver os inimigos do povo apanhando, não podemos ignorar nosso erro. Se o MBL foi avisado, o partido do MBL também deveria ter sido avisado.

Se o aviso tivesse saído antes, talvez os tucanos não tivessem participado do ato em São Paulo e, assim, teriam preservado todas as suas penas no seu devido lugar. Desavisados, foram serelepes para o ato, mas acabaram quicando de volta quando se defrontaram com uma parede impenetrável: o bloco vermelho formado pela classe operária organizada.

Não costumamos defender que a direita tenha se “arrependido” e, por isso, tenha ficado mais progressista. No entanto, não podemos deixar de reconhecer que, pelo menos, depois de alguns socos e pontapés, os capangas voltaram para casa mais vermelhos do que entraram…

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.