Duplo ataque aos trabalhadores
Funcionários do Hospital Barros Barretos fizeram protesto contra o governo Bolsonaro e os ataques ao funcionalismo, após vídeo da reunião ministerial publicado na última sexta.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
funcionários-belem-1
Funcionários do hospital público, em protesto nesta quarta (27). Imagem: reprodução. | Imagem: reproduação.

Funcionários da área da saúde de Belém realizaram protesto na frente do Hospital Universitário João Barros de Barreto na manhã desta quarta (27) contra os ataques do governo Bolsonaro que ficaram públicos no vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, divulgados pelo ministro Celso de Mello do STF.

Os trabalhadores em protesto destacaram, em falas e em cartazes, as falas do ministro da economia Paulo Guedes que disse que colocou uma “granada no bolso do inimigo” ao se referir ao projeto que bloqueia a realização de reajustes salariais para todo o funcionalismo público, sendo avalizado por todos os governadores estaduais.

Os trabalhadores em protesto destacam que, a categoria está há vários anos sem reajuste, assim como outros servidores, o que vem corroendo os salários dos trabalhadores. O protesto também reivindicou o fornecimento de EPIs e testes de Covid para as equipes de saúde.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas