Política
Salim Mattar, secretário de Desestatização e Privatização, e Paulo Uebel, secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, deixam a equipe de Paulo Guedes e o governo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Paulo-Guedes - Fundos de pensão
Paulo Guedes | Foto: Reprodução

A equipe econômica de Paulo Guedes sofrerá duas baixas nos próximos dias, informou o jornalista Igor Gadelha, da CNN Brasil. Elas seguem as recentes saídas de Mansueto Almeida, secretário do Tesouro Nacional, Caio Megale, da diretoria de programas da Secretaria Especial da Fazenda, e Rubem Novaes, do Banco do Brasil.

Segundo o jornalista, os secretários especiais de Desestatização e Privatização, Salim Mattar, e o de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, pediram demissão nesta terça-feira (11) ao ministro da Economia.

“Segundo apurou a CNN, Uebel pediu exoneração por discordar da estratégia do governo federal de deixar a reforma administrativa para 2021. Salim, por sua vez, pediu para deixar o cargo por discordar da postura do governo em relação às privatizações”, informa Gadelha.

Leia o texto no 247.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas