Crise do coronavírus
Equatorianos demonstram como é possível realizar atos mesmo dentro da pandemia e protestam contra sucateamento das universidades e gastos com capitalistas por parte do governo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Sem título (3)
Mobilização no Equador. Foto: reprodução Twitter/ En Clave Mediática |

Da redação – Em Quito e em Guayaquil, equatorianos realizaram uma manifestação na última quinta-feira contra o sucateamento das universidades públicas e contra o pagamento a investidores durante a pandemia por parte do estado equatoriano.

O governo decidiu suspender o repasse de 98 milhões de dólares a 32 universidades do país, enquanto decidiu manter os pagamentos de capitalistas donos de títulos da dívida pública, totalizando só no mês de março 323 milhões de dólares de pagamentos, mesmo com decisão contrária do congresso que havia suspenso o pagamento durante a pandemia. Os manifestantes também cobravam mais medidas contra o coronavírus e mais investimento do estado na saúde.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas