Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
IMAGEM_NOTICIA_3
|

Da redação – Na manhã de hoje (17), a Embraer anunciou que aprovou acordo com a Boeing para a fusão das duas empresas em uma joint venture, com participação de 80% da Boeing e 20% da Embraer.

Segundo a imprensa burguesa, o negócio é avaliado em mais de R$ 6 bilhões.

A Embraer ainda “terá o direito”, segundo o golpista G1, de vender sua parte na joint venture para a Boeing a qualquer momento.

Ou seja, se já não é o bastante a Embraer perder sua soberania e ficar com 20% de participação em um negócio altamente prejudicial à empresa, existe uma grande possibilidade de ser vendida em 100% para a companhia norte-americana.

O governo golpista, seja ele de Michel Temer ou de Jair Bolsonaro, ainda deverá aprovar o acordo. Isso já é certo que acontecerá, pois o principal motivo da real entrega de uma patrimônio nacional como é a Embraer para o monopólio imperialismo é o golpe de Estado, que vem entregando todas as riquezas brasileiras ao capital estrangeiro.

Bolsonaro inclusive já anunciou que irá aumentar a privatização e venda ao imperialismo de mais empresas nacionais do que fez Temer em dois anos de governo ilegítimo. Trata-se de um verdadeiro vende-pátria, lacaio dos Estados Unidos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas