Entrega da Petrobrás: combustível vai subir 1,9% nas refinarias

gasolina

Da redação – A Petrobras anunciou que o preço médio do litro da “gasolina A”, sem tributo nas refinarias, será de R$ R$ 1,9854, com alta de 1,9% ante o atual R$ 1,948, já o diesel segue – por enquanto – com o preço congelado em R$ 2,0316. A medida entra em vigor nesta terça-feira, 3, o que pode levar a reação dos condutores por conta da entrega da pre-sal que vai continuar subindo os preços.

Segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros recuou em 21 estados e no Distrito Federal na semana passada, aumentando no Acre, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul e Roraima. Porém, resta saber, até quando os golpistas vão conseguir manter, sendo que, a pouco tempo do fim da greve o preço volta a subir e com a entrega – de graça – do combustível nacional aos capitalistas, o que vai aumentar o valor por refinar fora do país, a greve dos caminhoneiros pode voltar com força.