Sem vacina e sem governo
Obrigados à volta ao trabalho a classe operaria foi jogada as traças e só a sorte pode salvar o trabalhador da morte
covas
Covas abertas em SP | Foto: Reprodução
covas
Covas abertas em SP | Foto: Reprodução

O prefeito “cientifico” da cidade de São Paulo, a mais rica do país voltou a fazer o que mais sabe, abrir valas em cemitérios.

Em de novembro para dezembro de 2020 houve um aumento de 57% em decorrência da segunda onda de Corona-Vírus.

Com a nova onda da COVID-19 o número de enterros na cidade deu um salto de 5449 em novembro/2020 para 6574 em janeiro/2021.

A prefeitura em razão da alta demanda teve que contratar 30 sepultadores e a frota de carros de translado foi aumentada em mais 10 carros.

De uma coisa o prefeito pode se orgulhar, não precisou enterrar os mortos em valas comuns como ocorreu em Manaus e Nova York.

Sem vacinação e sem nenhum plano de controle da doença a população esta da mesma forma que estava na primeira onda, sem saber o que fazer e confusa com as informações desencontradas que vem dos governos municipal estadual e federal.

Obrigados a volta ao trabalho a classe operaria foi jogada as traças e só a sorte pode salvar o trabalhador da morte.

É necessário a derrubada de todos os golpistas para que o combate ao vírus realmente aconteça.

 

 

Relacionadas
Send this to a friend