Enquanto é destruído, o SUS sustenta planos de saúde em benefício de capitalistas parasitários

medicosarapiraca-leitos

Da redação – O setor privado da saúde tem dívida de quase R$ 2 bilhões com o SUS, há cerca de 20 anos, porém os golpistas que tomaram o poder do PT são amigos dos empresários capitalistas e adoram perdoas dívidas deles e de grandes bancos. Algumas dessas empresas apostaram na judicialização do processo para evitar o pagamento da dívida, porém, com o estado quebrado pelos golpistas, a decisão é de que a dívida é cabível e deve ser cobrada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

E mais além, uma pesquisa feita pela Associação Paulista de Medicina (APM), apontou que quase 100% dos usuários de planos de saúde – mais exatamente, 96% -, demonstraram algum tipo de problema na utilização do serviço nos últimos dois anos. Desses, grande parte, afirmaram que as consultas médicas e os exames foram os serviços mais usados e os que mais registraram problemas e nas consultas médicas, as dificuldades passaram de 64% para 76%. Já no caso dos exames passaram de 40% para 72%.

Sobre a dívida, o valor devido refere-se ao atendimento prestado pela rede pública a usuários conveniados com setores privados. Isso quer dizer que é o serviço público que ampara o privado, não o contrário. Mas não é isso o que pinta a mídia e o governo golpista, com o fiel discurso pró-privatização, como se essa fosse a “solução de todos os problemas” do Estado brasileiro. Essa situação prova que o setor privado é ineficiente e precisa de auxilio da estrutura do setor público para funcionar.

Esses, são verdadeiros parasitas dos recursos da Nação.