Helen Buyniski
A jornalista Helen Buyniski do RT argumenta que as milionários empresas de tecnologia deram um golpe nos EUA
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
WASHINGTON, DC - MARCH 27:  U.S. President Donald Trump listens while meeting with women small business owners in the Roosevelt Room of the White House on March 27, 2017 in Washington, D.C.  Investors on Monday further unwound trades initiated in November resting on the idea that the election of Trump and a Republican Congress meant smooth passage of an agenda that featured business-friendly tax cuts and regulatory changes. (Photo by  Andrew Harrer-Pool/Getty Images)
Donald Trump | Foto: Reprodução

A jornalista norte-americana Helen Buyniski disse em um artigo publicado na RT que as gigantescas empresas de tecnologia, ao censurar Donald Trump, impedindo que ele tivesse contas no Twitter e no facebook, por exemplo, demonstram que já são mais fortes do que qualquer estado.

Além disso, a jornalista também argumenta que a censura imposta por estas empresas é um “fascismo ainda maior do que aquele que elas juram combater”, destruindo o que restava da democracia nos Estados Unidos.

Buyniski também classificou o que ocorreu nos EUA como um golpe de estado, contra Trump.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas