Caso acontece em MG
Caso aconteceu durante o curto período em que MP de Bolsonaro que permitia suspensão de contratos por 4 meses estava valendo, antes de ser cancelada
bolsonaro-mascara
MP de Bolsonaro foi utilizada, apesar de governo ter voltado atrás |

A empresa Rotas de Viação do Triângulo aproveitou o curto período de tempo em que a Medida Provisória 928 estava valendo para suspender o contrato de trabalho de 700 dos seus 855 funcionários por 4 meses. Após curto período de tempo em que a MP estava valendo, Bolsonaro pressionado pela burguesia, que estava com medo de uma explosão social, acabou voltando atrás sobre a medida.

Mesmo com a revogação, os contratos de trabalho devem permanecer suspensos pela empresa. No lugar do salário os trabalhadores receberão somente um curso de aperfeiçoamento, o que demonstra o total descaso da empresa em relação a seus funcionários.

Relacionadas