Siga o DCO nas redes sociais

Embu das Artes: GCM reprime militantes do PCO e comitê de luta
WhatsApp Image 2019-07-28 at 6.00.43 PM
Embu das Artes: GCM reprime militantes do PCO e comitê de luta
WhatsApp Image 2019-07-28 at 6.00.43 PM

Sequestros Relâmpagos de Automóveis e Motos

Pneus presumivelmente careca, estariam provocando insegurança no trânsito. Multa, apreensão, recolhimento ao pátio; Veículo sequestrado liberado – tão logo pagamento de multa, pagamento do guincho, pagamento de estadia no pátio.

Após maratona no divitran da cidade, o comitê de Luta Contra o Golpe conseguiu liberação da Kombi, mas antes teve que pagar resgate do sequestro, digo, Guincho, estadia em pátio, mais multa.

Outros motoristas não teriam tido tanta sorte, pagam para liberação de seus autos ou motos, R$ 700 ou R$ 1.000 até 3 ou 4 mil. Outros até perdem o veículo.

“Dono do pátio vem à cidade de auto blindado ou de helicóptero”, servidor do Divitran em voz alta, deixava dia 17 de Julho, transparecer que aquilo não tinha nada a ver com sanções por insegurança no trânsito.

Qualquer pretexto para apreender veículo, e dele extorquir salgados valores e sustentar auto blindado e helicóptero até, parece ser, a verdadeira motivação das apreensões de automóveis e motos.

Daí qualquer pretexto serve.

Cartazes de “Fora Bolsonaro” e “Liberdade para Lula”, parece ser motivo suficiente para a alimentar a insaciável e altamente rentável Indústria de Apreensões do pátio Master de Embu das Artes. Este é o motivo de apreensão da kombi do comitê de luta Contra o Golpe de Embu das Artes.

 

Useira e Vezeira na repressão de Movimentos Sociais e Políticos. É para isso que serve a Polícia Militar.

Em 2017, apreensão de Auto de Som da Confraria Nacionalista, R$ 1.300 mais multa teve que despender pra liberar camionete do pátio Master. Apreensão, guincho, multa, teria sido pelo motivo de “Infração à Lei do Silêncio”. Som que fazia uma chamada para o Ato de Protesto contra o Golpe da Taxa de Lixo, estaria em volume alto demais.

Em 2016, fusca que estava no local do Ato de Protesto contra o Fechamento de um Pronto Socorro, igualmente provocou apreensão, guincho, multa, estadia em pátio – 565,00 reais extorquidos dos que protestavam contra o fechamento de importante Unidade de Saúde pelo Golpe.

Fusca Verde, apreendido por estar em Ato de Protesto pelo Fechamento do Pronto Socorro do Vazame.

Motivo adicional de irritação da PM, são em todos os atos da Paulista, e os sempre presentes coros “Não acabou, tem que acabar a Polícia Militar”.