Em Brasília, contra o golpe
É preciso ampliar os atos contra o golpe na Bolívia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
ba0b510a-5b91-4ff8-9927-273df62ae4bc
Expedito Mendonça (PCO), José Kinn, embaixador da Bolívia, e Freddy Flores, da Venezuela |

Da redação – Representantes de movimentos populares do Brasil, dos países membros do BRICS e de outras nações do mundo realizaram, no início da tarde de hoje (12), um ato de solidariedade na Embaixada da Bolívia em Brasília.

Participaram delegações da Índia, como representantes do Partido Comunista Indiano, da Rússia, do Peru, da Palestina, da Mauritânia etc. Houve uma homenagem ao embaixador boliviano, com entrega de flores.

O ato deixou a desejar pela falta de combatividade, apesar da solidariedade expressa pelos movimentos. O PCO esteve presente novamente, representado pelo companheiro Expedito Mendonça. O encarregado de Negócios da Embaixada da Venezuela, Freddy Flores, também prestigiou o embaixador boliviano.

Ontem já havia ocorrido um ato em apoio ao povo boliviano, com mais de 100 militantes que declararam seu repúdio ao golpe.

Hoje ainda ocorrerá, às 17h, um ato no Consulado da Bolívia em São Paulo, no qual o PCO também comparecerá, junto a outras organizações como a Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas