Tchutchucas do imperialismo
Cartazes com ofensas e termos usados por Trump para associar coronavírus aos chineses foi posto em frente a Embaixada da China
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bolsonaro-china
"Palhaçada". Foto: Reprodução |

Após ataques de Eduardo Bolsonaro e a recusa do presidente Jair em se desculpar pelas postagens de seu filho, deputado federal, faixas com ofensas ao presidente da China, Xi Jinping, e o termo usado por Donald Trump para se referir ao coronavírus, “China virus” (vírus da China), foram postas em frente a Embaixada Chinesa em Brasília. O Ministro Conselheiro da Embaixada da China, Qu Yuhui, chamou a ação de “palhaçada”. No episódio anterior, envolvendo o filho do presidente Bolsonaro, o governo chinês exigiu uma retratação que foi recusada.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas