Coronavírus
Penitenciárias se tornaram uma verdadeira pena de morte
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
presidios
Presídio | Foto: Reprodução

De acordo com a Defensoria Pública do Estado de SP, o Centro de Detenção Provisória II de Pinheiros tem nada menos que 748 presos contaminados pelo novo coronavírus. Isso corresponde a 46% da população carcerária local, que tem uma superlotação de 203%. Esse dado indica que os dados sobre a contaminação nos presídios brasileiros podem estar muito subnotificados e prova que os presídios durante a pandemia são uma verdadeira pena de morte.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas