Em quase todos os Estados, PCO realizará cursos sobre a luta contra o fascismo

Exército-Vermelho-derrota-o-nazismo-e-um-soldado-russo-coloca-bandeira-da-URSS-no-Reichstag-em-Berlin

A 43ª Universidade de Férias do PCO, ocorrida em janeiro deste ano, tratou, do ponto de vista marxista; científico, do importantíssimo e atual tema do fascismo. O curso fascismo: o que é e como combatê-lo, ministrado pelo companheiro Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO, abordou este fenômeno político surgido no século XX, tanto do ponto de vista teórico, das características e determinantes essenciais, quando do ponto de vista histórico, desde o fascismo clássico (fascismo italiano e nazismo alemão) até suas manifestações na América latina e no Brasil. As aulas estão disponíveis e podem ser assistidas aqui.

A importância do tema, diante da crise do regime político em geral e do governo Bolsonaro em particular, que recolocou a possibilidade da ditadura de tipo fascista como saída da crise para a burguesia, bem como a confusão que se verifica na esquerda em relação ao tema e ao método de combate a ser empregado, o que levou o partido a estender o debate.

Em quase todos os Estados do país o PCO realizará cursos: fascismo: o que é e como combatê-lo em versão reduzida. Os cursos serão compostos de duas aulas com duração de três horas cada a serem realizados nos dias 27 e 28 de abril e 4 e 5 de maio, e discutirá, os conceitos fundamentais para compreensão deste fenômeno: como imperialismo, ditadura e ditadura fascista, burguesia, pequena-burguesia suas relações e as etapas de seu desenvolvimento, lumpemproletariado dentre outros, Além da resposta da esquerda ao desafio do fascismo na época do fascismo clássico, a política do stalinismo, a reação espontânea das massas e a política marxista de combate ao fascismo proposta pelo revolucionário Russo Leon Trótski e pelo PCO defendida.  Destacando também também do ponto de vista teórico o papel fundamental de um partido revolucionário capaz de guiar as massas no caminho da vitória contra o fascismo

A base teórica do curso são as análises do próprio Leon Trótski sobre o fenômeno fascista no calor dos acontecimentos, já que coube a Trótski, por uma série de motivos, a tarefa de analisar do ponto de vista do materialismo científico e desvendar o segredo deste novo fenômeno (na época) que se desenvolvia diante seu olhos. A análise de Trótski constitui ainda hoje o que de melhor e mais profundo se escreveu sobre o fascismo da perspectiva da compreensão teórica permanecendo insuperável.

Os textos que balizam o curso podem ser encontrados na coletâneas de textos do nosso autor, Revolução e contrarrevolução na Alemanha, e também coletânea Fascismo: o que é e como combatê-lo, que em breve será lançado pelas Edições Causa Operária.

A primeira rodada de cursos já começou sendo realizados no último final de semana (13 e 14) sendo realizados em São Paulo, capital, Brasília e Maceió em Alagoas. Entre em contato com o PCO ou acompanha nossa imprensa para saber os Estados, cidades e datas dos cursos.

Esse é um importante momento de reflexão, compreensão e de preparação necessárias para desenvolver uma amplo movimento antifascista no país, de reunir toda a esquerda que quer lutar contra o golpe. Aprender com a experiência passada para intervir no presente.

Não perca! Participe desta importante iniciativa.