Em jogo morno, lanternas empatam e permanecem no zona de rebaixamento

Chape

Em jogo isolado complementando a quarta rodada do Brasileirão 2018, Chapecoense e Paraná Clube se confrontaram na Arena Condá, na cidade de Chapecó-SC. Pouco mais de sete mil torcedores estiveram presentes – um público bastante razoável considerando o dia da semana e a posição ocupada por ambos os times na tabela – ao estádio. Infelizmente esses torcedores não foram retribuídos com um futebol  de qualidade pelo menos razoável.

As duas equipes acabaram mostrando porque estão ocupando, neste momento, as posições inferiores da tabela, ambos na zona de rebaixamento. A partida foi distinta nas duas etapas. No primeiro tempo, o Paraná Clube foi mais efetivo e impôs seu domínio sobre os donos da casa. A Chapecoense parecia não estar jogando em casa, diante de sua torcida. O time se mostrou apático e confuso, sem conseguir articular jogadas de ataque, com o meio de campo desarticulado, sem nenhuma criatividade.

Na segunda etapa, o “puxão de orelhas” do técnico Gilson Kleina mexeu com os brios da Chape e a situação se modificou. O time voltou mais aceso e com uma conduta totalmente diferente da apresentada na etapa inicial. Já no início da etapa complementar a mudança de postura dos donos da casa apareceu em forma de gol. Falta na entrada da área e cobrança perfeita de Arthur, no ângulo superior direito, indefensável.  Mas a Chape não segurou por muito tempo a vantagem. Permitiu o empate logo em seguida, numa rápida subida ao ataque do time paranaense. Carlos foi o autor do gol que igualou o placar. Daí para a frente as coisas voltaram a ficar em “banho-maria”, com as duas equipes fechadas, receosas em atacar e buscar a vitória. O empate parecia ser um prejuízo menor diante do risco de uma derrota.

O resultado deixou os dois times estacionados na zona da degola. O Paraná Clube alcançou o seu primeiro ponto, depois de três derrotas. Já a Chapecoense chegou aos três pontos, ocupando a décima sétima posição. Os paranaense seguram a lanterna, na última posição. Na próxima rodada, o time catarinense irá receber o líder do campeonato, o Flamengo, em partida onde se espera um grande público na Arena Condá. O Paraná Clube terá uma tarefa ainda mais difícil, pois terá que visitar o Santos, na Vila Belmiro.