Polícia que mata a cada 8h
Somente no primeiro ano como governador, Dória eleva a taxa de letalidade da PM a recorde histórico
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
PM - SP-1 (1)
Ação nas periferias é somente prisões, sequestros e mortes. Imagem: AFP. |

Da redação – De acordo com dados divulgados pela própria Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP) divulgados nesta sexta (24), somente nos três primeiros meses de 2020 a PM assassinou 255 pessoas, destas 218 (85,5%) foram realizadas em serviço, o maior número desde 1996 quando começaram a ser divulgados os dados. Em relação ao ano passado o número foi 23,2% superior, quando as mortes computaram 207.

O que resulta no dado que, a cada 8 horas 30 min. a PM de SP mata uma pessoa. Que são categorizadas pela SSP como “morte em decorrência de intervenção policial”, substituindo a justificativa anterior de “auto de resistência”.

Chama atenção ainda, o dado de 64% desses mortos eram negros, o que deixa especialmente clara a atuação da polícia fascista dos governos do PSDB. O uso de máxima violência nas periferias, atingindo quase sempre trabalhadores negros e pobres.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas