Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

No dia 16 de fevereiro de 1959, o líder revolucionário de Cuba, Fidel Castro, torna-se o mais jovem primeiro-ministro da história do país.

Aos 32 anos, presta juramento no gabinete do Palácio Presidencial em Havana. Depois da vitoriosa campanha armada a guerrilha que forçou o ditador Fulgencio Batista ao exílio na República Dominicana. Castro, que se tornou comandante-chefe das forças armadas de Cuba depois que Batista foi deposto, em 01 de janeiro, substituiu o mais moderado Miro Cardona como chefe do novo governo provisório do país.

Os Estados Unidos, inicialmente, reconheceram o novo líder cubano, mas retiraram seu apoio depois que Castro lançou um programa de reforma agrária, nacionalizou os ativos americanos na ilha e declarou ser um governo marxista. A população mais rica da ilha, que não concordava com o novo regime, fugiu para EUA, alguns receberam treinamento militar da CIA, e com o apoio do governo americano. Em abril de 1961 aconteceu a mal sucedida invasão da baia dos porcos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas