Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

No último domingo (4), os italianos foram às urnas. Apurados os resultados, ficou explícito o tamanho da crise que o país vive. Os ex-primeiros ministros Silvio Berlusconi, do direitista Força Itália, e Matteo Renzi, do Partido Democrático, foram os principais perdedores do pleito, enquanto o partido Movimento 5 Estrelas, que tem uma posição extremamente confusa e “anti-política”, foi o principal vencedor.

Nas eleições, tanto da Câmara quanto do Senado, nenhuma coalizão conseguiu maioria. Ou seja, é preciso fazer um acordo para governar, senão serão chamadas novas eleições. Nesse processo, os partidos de extrema-direita ganharam terreno, com políticos abertamente fascistas tendo votações expressivas.

Neste cenário confuso existem duas possibilidades. Ou o Movimento 5 Estrelas fecha um acordo com a esquerda democrática de Renzi, ou chega a um entendimento com a direita de Berlusconi. Nos dois casos, o resultado será de crise total.

O certo é que, com acordo ou sem acordo, a extrema-direita irá crescer, em oposição ao governo. O motivo é muito simples: a política neoliberal que reina suprema na União Europeia, e devastou vários países, mas principalmente a Itália, desmoralizou completamente o pacto político que vigorou na região desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Com isso, todos os representantes políticos do regime que já está aí, não têm mais chances de governar. Aproveitando-se desse descontentamento, e com um discurso contra imigrantes, dentre outras burrices direitistas, os partidos de extrema-direita se apropriam do voto dos trabalhadores, oferecendo uma falsa perspectiva.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas