Eleição sem Lula é golpe! É Lula ou nada!

Lula: "Sólo el día en el que muera voy a parar de luchar"

Em mais uma manobra suja e rasteira, a burguesia brasileira, vendo-se em um beco sem saída diante da ausência de candidatos viáveis de direita e a total falência do sistema político brasileiro, quer, de qualquer jeito, Lula fora das eleições.

É preciso dizer claramente que as eleições, que normalmente já seriam altamente manipuladas, sem a possibilidade da candidatura de Lula, seriam mais um duro golpe no povo trabalhador brasileiro.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é, nada mais, nada menos, que a maior liderança popular do país, goste ou não. E, justamente pela sua capacidade de reunir o apoio da massa trabalhadora brasileira, ele está sendo duramente perseguido por agentes do imperialismo norte-americano, que nem mesmo se esforçam para esconder o caráter descarado da perseguição.

Diante desse cenário, não existe alternativa que corresponda à necessidade de levar adiante a luta contra o golpe. Somente o povo trabalhador, que se mobiliza em torno da candidatura de Lula, pode derrotar o golpe. Não se trata de um problema de “programas” ou de buscar outros “nomes” para a esquerda. É preciso derrotar a ofensiva golpista e bloquear a tentativa de aplicação de um programa que irá vender todo o patrimônio nacional e instaurar um regime de miséria nunca antes visto.

Por isso dizemos: eleição sem Lula é golpe! É Lula ou nada!