Siga o DCO nas redes sociais

Dissimulação
El País culpa alemães por Hitler e os brasileiros por ditadura de 64
Colunista do jornal golpista El País tenta colocar a culpa de regimes autoritários e sanguinários na população e esconder os verdadeiros culpados: a burguesia.
t-Adolf-Hitler-Duke-and-Duchess-of-Windsor
Dissimulação
El País culpa alemães por Hitler e os brasileiros por ditadura de 64
Colunista do jornal golpista El País tenta colocar a culpa de regimes autoritários e sanguinários na população e esconder os verdadeiros culpados: a burguesia.
Duquesa de Windsor, Duque de Windsor e Adolf Hitler. Foto: Reprodução.
t-Adolf-Hitler-Duke-and-Duchess-of-Windsor
Duquesa de Windsor, Duque de Windsor e Adolf Hitler. Foto: Reprodução.

A coluna “Os cúmplices” publicada pelo jornal burguês El País e escrita pela jornalista Eliane Brum, coloca que terríveis ditaduras e a situação política atual são culpa do apoio da esmagadora maioria da população que se cala diante das atrocidades cometidas pela burguesia, como por exemplo o nazismo na Alemanha e a ditadura militar de 1964, no Brasil.

As afirmações realizadas pela colunista do El País são falsas e servem para dissimular como esses regimes foram impostos para a grande maioria da população, e principalmente, os trabalhadores.

Antes de se estabelecer na Alemanha, Hitler e o Partido Nazista contavam com amplo apoio da burguesia alemã e europeia e através do seu braço armado, a Sturmabteilung (SA), ou Tropas de Assalto, que perseguia e assassinava militantes de esquerda, sindicalistas e parlamentares, criando um regime de terror entre a população alemã.

Há, inclusive, registrada uma reunião no dia 20 de fevereiro de 1933, uma grande reunião realizada de maneira secreta entre Adolf Hitler e 25 dos maiores monopólios industriais alemães antes das eleições para levar Hitler ao poder e combater os partidos de esquerda e os trabalhadores.

Da mesma maneira, a ditadura militar que se instalou no país em 1964 foi um regime de enorme repressão contra a população e os trabalhadores que não contou com apoio popular, tanto que nem pelos moldes da democracia burguesa conseguiu chegar ao poder, tendo que caçar parlamentares, perseguir e matar.

Contou com amplo apoio da burguesia nacional alinhada com o imperialismo para dar um golpe e instalar um regime de terror entre os trabalhadores. A situação atual de Bolsonaro atualmente tem a mesma origem: o apoio da burguesia e sua imprensa golpista que ajuda a dissimular a situação e criar as condições para a subida de Bolsonaro ao poder.

Nos casos citados pela colunista Eliane Blum tenta esconder os verdadeiros culpados da situação que leva a extrema direita cometer a atrocidades no poder. Em nenhum caso é a vontade da população, mas sim golpe e muita dissimulação da imprensa golpista, como o jornal El País.

No Brasil o jornal El País faz tipo progressista, mas na Espanha sempre apoiou a direita existe uma pequena aproximação com a social-democracia espanhola. Tanto que as matérias publicadas no Brasil chegam a comparar Bolsonaro a Lula por causa da construção da Usina de Belo Monte, entre outras matérias absurdas.

Ao culpar a população pelos regimes mais sanguinários, a intenção do El País e sua colunista Eliane Brum é de esconder os verdadeiros culpados pelos regimes da extrema direita e colocar nas costas da população o ônus, escondendo inclusive o papel de órgãos de imprensa burguesa que atuam ativamente para os estabelecimento desses regimes.