Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Em uma sondagem do instituto INSA, o partido da extrema-direita, a AfD apareceu na frente do tradicional Partido Social Democrata (SPD) com 16% contra 15,5% do último. Apesar da pequena margem entre as duas porcentagens poder ocasionar dúvidas, o resultado mostra que pelo menos os dois partidos estão em pé de igualdade à popularidade.

Isso acontece porque na Alemanha a esquerda social-democrata se tornou uma ala completamente atrelada ao regime político imperialista alemão, desde a época da Primeira Guerra Mundial, ao estilo do PS francês. A falta de uma alternativa revolucionária ligada à classe operária coloca a extrema-direita como única crítica ao acordo imperialista internacional – e por isso começa a crescer junto com a população.

A mesma coisa aconteceu nos Estados-Unidos e levou  à vitória de Donald Trump. A crise do regime imperialista elimina as tentativas conciliadoras que o segura. A polarização coloca a luta política cada vez mas centralizada entre a esquerda revolucionária e a direita fascista.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas