Greve Geral da Educação
Os sindicatos e os movimentos populares devem se unir contra esse genocídio que se avizinha, não há condições nenhuma de retornar as aulas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
gettyimages-1190020491
Sala vazia | Nova Escola

Dia 4 de agosto foi realizado uma ato contra a volta às na cidade de São Paulo, estavam os ex-secretários da educação, médicos, professores e familiares de alunos. Discutiram como está sendo conduzido a volta as aulas, pois não houve nenhum avanço na adaptação das escolas.

Outro fato que foi discutido é que continua morrendo pessoas como a dois meses, com a volta as vai aumentar de forma exponencial os casos de covid-19. Para começar discutir a volta as aulas, teria que garantir uma boa estrutura, preparar as escolas e orientar os profissionais da educação durante o próximo semestre.

As escolas terão que passar por reformas e adaptação, pois como estão é impossível retornar as aulas de forma segura. Isso é uma atitude genocida governador e do prefeito que estão obrigando milhares de alunos, professores e funcionários a voltarem em setembro.

Vários ex-secretários se posicionaram contra a volta as aulas, o ato se posicionou que as volta as aulas teria que ser em 2021, precisa de tempo para preparar as escolas e preparar os professores e os demais funcionários. Porém além dessas medidas as aulas somente devem retornar quando houver a vacina e ter controlado a pandemia.

No ato virtual também participou, Kézia Alves, do Conselho de Representantes dos Conselhos de Escola (Crece), “destacou que as famílias de estudantes também são majoritariamente contra a volta às aulas. E que a discussão devia ser sobre a situação das famílias”.

É preciso que toda a comunidade escolar oponha-se de forma intransigente contra o retorno das aulas, pois isso vai significar um aumento gigantesco no número de infectados e consequentemente no número de mortos, os golpistas estão preocupados com a economia e os lucros, as vidas humanas são milhões, então para eles se morrem uma parcela e salvar a economia, atingiram o seu objetivo.

Por isso os sindicatos e os movimentos populares devem se unir contra esse genocídio que se avizinha, não há condições nenhuma de retornar as aulas.

É preciso também iniciar uma greve da categoria para barrar mais esse absurdo de reabrir as escolas, somente a mobilização vai barrar os desmandos dos golpistas. Fora Doria e Todos os Golpistas!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas