Menu da Rede

Biden, o pior inimigo dos imigrantes

JCO 1161

Por vacina, auxílio e Fora Bolsonaro!

Edição imprensa do JCO, que já está a caminho das residências dos militantes. Assinantes do JCO online já tem a última edição desde 21/5

Capa de Causa Operária destaca retoma das mobilizações de rua – Foto: Divulgação

A manchete da nova edição de Causa Operária veio sob medida para as mobilizações convocadas para  a próxima semana: “Por vacina, auxílio e Fora Bolsonaro!” A matéria de capa chama todos a irem às ruas no próximo dia 29, defendendo as palavras de ordem de vacina para todos, auxílio emergencial de um salário mínimo e, naturalmente, fora Bolsonaro e todos os golpistas, política fundamental para garantir o atendimento a qualquer demanda popular.

Nas páginas A3 e A8, o editorial e a matéria principal da página defendem a quebra imediata das patentes e o controle popular do plano de vacinação, o auxílio de pelo menos um salário mínimo, a derrubada de todos os golpistas e genocidas que conduziram o País até a ameaçadora situação atual.

29  de Maio, nas ruas

O momento propício foi sentido pela esquerda pequeno-burguesa, que após um longo jejum, enfim abandonou o “fique em casa”. Tratando desse assunto, a Análise Política da Semana é destaque da matéria principal da pág. A4, que lembra também a importância decisiva do ato de 1º de Maio, ocorrido na praça da Sé, em São Paulo e que serviu de pontapé inicial para que as manifestações de rua fossem retomadas. .

Comprovando que só as ruas fornecem um caminho seguro para a população, a matéria “A CPI ‘nem-nem”’ lembra o espetáculo circense que virou a comissão parlamentar, tema da matéria principal da página A5. Como lembra a matéria, a falta de profundidade interessada da CPI levou o ex-ministro da Saúde, general Pazuello, a abdicar de seu direito de permanecer calado e responder os questionamentos, tendo ainda classificado como simplórias as perguntas que lhe eram feitas.

A desmoralização da CPI atingiu uma magnitude tamanha que o próprio relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL) sugeriu a contratação de serviços de checagem de fatos para desmascarar os mentirosos. Sua ideia foi proposta no dia em que o senador contabilizou e numerou catorze mentiras contadas em pleno depoimento sob juramento, o que caracteriza perjúrio. Fora colocações supostamente cômicas, nenhum pedido de prisão foi realizado contra o general bolsonarista por parte do senador,  reforçando o caráter circense da CPI, como destacado na matéria.

Na página B3, a defesa de um congresso nacional dos trabalhadores dos Correios para organizar a luta contra a privatização, como meio de impedir a sanha golpista que ameaça privatizar o patrimônio nacional. Ficou evidente que o Congresso Nacional não tem nenhum interesse em atrapalhar a marcha de um amplo programa de privatizações, onde os Correios certamente figuram como peça central. É urgente que as lideranças políticas desta importante categoria operária convoquem os trabalhadores da estatal, de Norte a Sul do País, o mais amplamente possível para organizar a luta dos ecetistas e impedir o governo golpista, capacho do imperialismo, de entregar os Correios aos tubarões do capitalismo.

Na situação internacional, o destaque é a nova ofensiva genocida da invasão Israel contra a população palestina. Resultado das mobilizações palestinas contra os despejos arbitrários promovidos pelo governo de ocupação, uma nova e brutal escalada de agressões israelenses levou a dezenas de crianças mortas. Se há um aspecto positivo a ser tirado do massacre é a onda mundial de solidariedade da classe trabalhadora em favor das massas palestinas, com greves e grandes mobilizações.

A origem do homem

No Caderno Cultural, “Judas e o Messias Negro”, filme que expressa a radicalização, fruto das tensões sociais cada vez maiores nos EUA, é destaque da página C1 e na C3, a matéria “‘Democracia’ e ditadura” usa a obra de Lênin para discutir a democracia burguesa.

Na página C4, o destaque fica por conta dos 150 anos da obra “A Descendência do Homem”, elaborada pelo cientista que ajudou a formular uma resposta materialista  à questão “de onde viemos?” Charles Darwin. Embora sua obra mais conhecida seja o clássico “A origem das espécies”, “A Descendência do Homem” trata mais diretamente da evolução humana, sendo, por isso, tema da matéria principal da página, que traz um relato sobre as lutas que se desencadearam com a obra de Darwin, que sob muitos aspectos, esclarecem a confusão de quem imagina os cientistas como pessoas neutras, alheias às disputas políticas e acima da luta de classes.

Tudo isso e muito mais no militante nº1 do Partido. E se você ainda não assinou nossa edição online, não perca mais tempo. Assine já!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.