Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A questão da Venezuela, com toda a crise que o país vive, caiu em segundo plano na cobertura da imprensa burguesa. Porém, existe uma campanha imperialista de que a Venezuela está em estado de calamidade pública, que o povo passa fome, que é necessário fazer alguma coisa etc. Alguns jornais tentam mostrar que mais de 80% do povo está morrendo de fome (!).

É claro que as notícias demonstram que existe uma preparação para intervenção do imperialismo na Venezuela. Não está claro como será feita, se será com guerrilheiros, com exército norte-americano, diretamente. De toda maneira está claro que alguma coisa será feita.

E isso mostra o aprofundamento da intervenção do imperialismo na América Latina. Muita gente procura fazer uma análise otimista da situação, com base em conversas de bastidores, mas não olha os fatos, que são muito mais importantes.

As pessoas que fazer esse tipo de análise acham que os acontecimentos são aleatórios, o que é um absurdo. A intervenção na Venezuela é uma demonstração clara da política imperialista no geral. Eles, os imperialistas, não querem saber de governos que se oponham nem minimamente à política dos capitalistas, nem governo que escape do controle.

Se a Venezuela for derrotada na luta contra o imperialismo será uma catástrofe para toda a esquerda latino-americana. Irá aprofundar a pressão imperialista sobre todos os países da América Latina. A campanha contra a intervenção na Venezuela precisa ser colocada em primeiro lugar.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas